top of page

Demandas Judiciais por Violência contra a Mulher cresceram 51% em três anos.

Dados mostram crescimento das demandas judiciais por violência contra a mulher em três anos. As demandas judiciais por violência contra a mulher cresceram 51% em três anos, de 2020 a 2023, de acordo com o DataJud, painel de estatísticas do Conselho Nacional de Justiça – CNJ.



Esse contingente assustador relacionados à violência contra a mulher reflete o cotidiano patriarcal do Brasil.



De acordo com a Pesquisa Nacional de Violência contra a Mulher, realizada pelo Instituto DataSenado em 2023, 30% das mulheres com 16 anos ou mais já foram vítimas de algum tipo de violência doméstica ou familiar praticada por homens. Conforme outro levantamento sobre o tema, “Feminicídios em 2023”, divulgado em março pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), um total de 1.463 mulheres foram vítimas de feminicídio no Brasil em 2022, um crescimento de 1,6% quando comparado ao ano anterior e maior número da série monitorada pela organização desde a tipificação do crime pela Lei 13.104, de 2015.



Por tudo isso é que a EBDM repete que conhecimento jurídico e crítico empodera! Só com conhecimento técnico adequado poderemos lutar contra essa barbárie.



Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page